BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Justiça concede habeas corpus e prisão de Mução é revogada



Postado por: Renilson Frutuoso

A prisão do radialista Rodrigo Vieira Emereciano, de 35 anos, o Mução foi revogada pela Justiça na noite desta sexta-feira, 29/09/2012. Os advogados Bruno Coelho, do Recife, e Waldir Xavier, de Fortaleza, chegaram à sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, no Recife, com o documento de Habeas Corpus que foi entregue a delegada da Polícia Federal Kilma Caminha, responsável pelo inquérito.

Após prestar depoimento, Mução seria levado para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Mas os presos teriam ameaçado a vida do radialista.

Mução chegou à sede da PF na manhã desta sexta-feira, 29, em um automóvel Corola preto, veículo descaracterizado da Polícia Federal, e foi escoltado por uma caminhonete. O humorista entrou pelos fundos do prédio e não falou com a imprensa. Trajava a mesma roupa do momento da sua prisão em Fortaleza: Ele estava preso desde ontem na sede no Ceará e viajou para a capital pernambucana em um voo direto da companhia Azul sob custódia. Aterrissou às 8h40 e deixou o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre pela saída de cargas.

De acordo com investigações realizadas pela PF, o radialista faria parte de um círculo fechado de 160 pessoas, 97 estrangeiras e 63 brasileiras, que trocavam conteúdo ilegal com imagens de adolescentes e crianças em situações pornográficas.
Diário de Pernambuco / Nos-on-liner

terça-feira, 13 de abril de 2010

RODRIGO VIEIRA EMERENCIANO - ALTER MUÇÃO


RODRIGO VIEIRA EMERENCIANO , natural de Natal-RN, conhecido pelo ALTER MUÇÃO. Famoso em todo país, em especial, por suas pegadinhas por telefone. Filho da ex-secretária da Receita Federal Lina Maria Vieira, hoje mora no Recife em Pernambuco, de onde transmite o seu programa de rádio para grande parte do território nacional. Seu programa, A Hora do Mução, é transmitido ao vivo em várias emissoras de rádio nordestinas de segunda a sábado, das 17 às 18 horas.

Ele não revela sua identidade, exibindo-se como Mução através do desenho de um homem de meia-idade narigudo e de feições nordestinas. Esse desenho, por muito tempo caracterizado com a indumentária do matuto nordestino, hoje é mostrado como vestido por trajes urbanos. Entretanto, em meados da década de 2000, teria deixado escapar uma foto sua caracterizado de matuto. Segundo ele, a repórter fotográfica da revista fez uma "fuleiragem" e mostrou-lhe a foto de uma maneira, mas a publicou de outra.

Mução tem três CDs de pegadinhas lançados, que fazem grande sucesso no Nordeste. Mução e sua equipe já fizeram a cobertura da Copa do Mundo na Alemanha, tendo viajado por diversas cidades do país europeu e da França, e das Olimpíadas de Pequim.

Alguns de seus bordões mais conhecidos são "Respeita a polícia!", "Pense numa popa!" e "Parabéns, pegou ar!". O humorista também é possuidor de um acervo de "provérbios" chamado Fuleirosofia.

PEGADINHAS DO MUÇÃO

Apesar da variedade de quadros no seu programa, ele é mais conhecido pelas Pegadinhas do Mução, em que telefona para uma vítima, previamente indicada via fax ou e-mail por algum amigo ou parente dela, e, chamando-a por um apelido indesejado ou acusando-a de algum fato esdrúxulo—como preparar comida deteriorada ou adulterada ou ter relações sexuais com algum animal --, desperta sua fúria descontrolada—e/ou, frequentemente, a de pessoas próximas que também atendam ao telefone—e atrai xingamentos com muitos palavrões, com o uso frequente do som agudo de censura. O ataque de fúria da pessoa é chamado por ele de pegada de ar ou popa e o seu descontrole e a abundância de palavrões são a graça maior das pegadinhas. A pessoa sempre desliga o telefone na cara de Mução, muitas vezes batendo o gancho contra o aparelho telefônico com força, mas o humorista, quando não encontra a linha ocupada ou desligada, sempre liga novamente para continuar enfurecendo-a, às vezes a partir de um segundo telefone previamente dado por quem combinou a pegadinha.

Estima-se que entre cerca de mil e vários milhares de pegadinhas tenham sido feitas desde 2001. Grande parte delas está disponível em redes P2P e sites de download.

OUTROS QUADROS

Além das Pegadinhas do Mução, existem outros quadros, vários deles com a mesma temática de enfurecer a pessoa numa ligação telefônica. Ao contrário das Pegadinhas tradicionais, nesses outros quadros Mução não liga novamente para a mesma pessoa depois que ela desliga o telefone na sua cara. Alguns dos mais conhecidos são:

  • Chico Tuita: Mução liga para sujeito que tem a voz extremamente fina, como um "tweeter" (tuita). A vítima quer vender um automóvel Gol. Mução passa a brincar com o fato dele ter a voz fina.
  • JiNi Cliff: Mução liga para "músico" que tem o apelido de JiNi Cliff, pois uma vez ao anunciar que iria tocar uma música do reggueiro jamaicano, ao invés de dizer Jimmy, diz JiNi, com "n".
  • Edson Lima: Mução liga para empresário de bandas cujo nome é Paulo, e segundo seus amigos, se parece muito com o cantor brega Edson Lima. O empresário não gosta da comparação e falta vir pelo telefone pegar o Mução. Hilário!!!
  • Edson Lima 2: Numa segunda pegadinha feita com a mesma pessoa, após alguns meses, Mução volta a ligar para "Edson Lima" e a pegadinha se desenrola ao som da canção "Minha garota" de Raimundo Soldado. Mução liga e aumenta o volume da música para que seu interlocutor não o escute direito. Mução brinca com a situação, pois o empresário não consegue ouvir direito o que se passa e é facilmente ludibriado.
  • Ligação a Cobrar: Mução liga a cobrar para um telefone celular e pede da pessoa um sinal de fax. O gasto de dinheiro na ligação e a insistência de Mução em "ignorar" que está ligando para um celular em vez de um fax despertam a fúria do atendente.
  • Emprenhando pelos Ouvidos: Mução diz para a pessoa que "um parente que veio do interior" está querendo falar com ela, mas quem assume a ligação é Bill BB, personagem secundário d'A Hora do Mução, berrando.
  • Ô Povo Feio: Mução, depois de perguntar à pessoa sobre parentes mais próximos, chama sua família de povo feio e a enfurece.
  • Eu Acho que Vi um Gatinho: a insistência de Mução em falar de um ou mais gatos que ele teria comprado da pessoa provoca a pegada de ar da mesma.
  • Nem Escuta Zuada da Mutuca: Um senhor de idade, que no programa e chamado de seu pai, o mesmo liga para as casas das pessoas falando sozinho, sem as pessoas entederem, como: É DAVI?, TO ENTENDENDO NÃO, SE QUE HOME, E.T.C

O quadro Frases Mais Engraçadas das Pegadinhas, que vai ao ar no fim d'A Hora do Mução, relembra trechos destacados de pegadinhas antigas.

  • Doutor Carneiro: nesse caso o Mução liga para a pessoa e faz ela esperar por um bom tempo, para passar a linha pro doutor carneiro e quando a pessoa atende, escuta berro de carneiro e a pessoa se enfurece.
  • FONTE - WIKIPÉDIA

HUMORISTA DAVI CUNHA - ESPANTA JESUS


O humorista Davi Cunha, conhecido como ‘ESPANTA JESUS”, natural do Rio Grande do Norte, nascido a 18 de novembro de 1948, morreu no final da tarde de hoje. Ele morreu na tarde do dia 24 de novembro de 2006, vítima de um acidente automobilístico na BR 304. O veículo Astra dirigido por Davi estava indo no sentido Assu - Mossoró e capotou na rodovia no KM 92,5, a 20 quilômetros da cidade de Assu. O humorista estava acompanhado do filho dele Walter Kelson Cunha de Araújo, que sofreu escoriações leves.O corpo do humorista ficou preso nas ferragens e só foi retirado com o trabalho do Corpo de Bombeiros de Mossoró. Uma mostra da proporção do acidente foi que o veículo guiado por Davi Cunha ficou a 100 metros do asfalto. A causa mais provável do acidente é que o carro tenha derrapado em cascalhos e, com isso, Davi perdeu o controle do veículo.
A viagem de Davi Cunha tinha como destino final a cidade de Mossoró, onde ele faria show esta noite, na bar Cândidos.
FAZER RIR ERA SUA MAIOR VOCAÇÃO
O humorista Davi Cunha, levava tudo tão na brincadeira que fez piada até com sua aparência. Em 1979, quando ainda era vendedor de uma firma, um cliente disse a Davi que ele era tão feio, mas tão feio, que espantava até Jesus.
Espanta Jesus surgiu daí e ficou como nome artístico. Mais tarde, por motivos religiosos, o humorista passou a usar apenas Espanta. Davi Cunha ganhou a vida fazendo as pessoas rirem. Rápido no improviso, dono de uma mente fértil e de uma língua afiada, tinha o dom de fazer platéias inteiras cairem na gargalhada com seus tipos, histórias e caras e bocas.
A dedicação ao trabalho lhe rendeu uma carreira de sucesso fora de Natal. Com o bebum Pudim di Cana, o ator conseguiu “se matricular” na concorrida Escolinha do Professor Raimundo, programa de Chico Anysio. Tornou-se conhecido em todo o Brasil pela tela da Globo.
Criou outros tipos hilários, como a debochada Bastinha e o Véio Chico. No ano passado, o humorista potiguar deu mais um impulso na carreira ao ganhar o concurso do programa de Tom Cavalcante, comediante também consagrado.
Nos últimos anos, Espanta estava vivendo sua rotina entre Natal e Fortaleza, celeiro de humoristas nessa linha que ele seguia — personagem contador de piadas. Em Fortaleza, Davi Cunha vinha fazendo em torno de quatro shows por noite, sempre com casa lotada. Em 2005, ele fez uma turnê pelo Norte do Brasil e recebeu convites para fazer show em Portugal. Foram 16 anos de piadas.
FONTE: JORNA TRIBUNA DO NORTE, NATAL

mais

mais

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DO RIO GRANDE DO NORTE, COM 15 BLOGS E 1300 LINKS. CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON, JULLYETTH E JÚNIOR – MOSSORÓ-RN

Quem sou eu

Minha foto
Marilia Jullyetth Bezerra das Chagas, natural de Apodi-RN, nascida a XXIX - XI - MXM, filha de José Maria das Chagas e de Maria Eliete Bezerra das Chagas, com dois irmãos: JOTAEMESHON WHAKYSHON e JOTA JÚNIOR. ja residi nas seguintes cidades: FELIPE GUERRA, ITAÚ, RODOLFO FERNANDES, GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO e atual na cidade de Apodi. Minha primeira escola foi a Creche Municipal de Rodolfo Fernandes, em 1985, posteriormente estudei em Governador Dix-sept Rosado, na no CAIC de Apodi, Escola Estadual Ferreira Pinto em Apodi, na Escola Municipal Lourdes Mota. Conclui o ensino Médio na Escola Estadual Professor Antonio Dantas, em Apodi. No dia 4 de abril comecei o Ensino Superior, no Campus da Universidade Fderal do Rio Grande do Norte, no Campus Central, no curso de Ciências Econômicas. Gosto de estudar e de escrever. Amo a minha querida terra Apodi, porém, existem muitas coisas erradas em nossa cidade, e parece-me que quase ninguém toma a iniciativa de coibir tais erros. Quem perde é a população.

MOSSORÓ